terça-feira, 6 de março de 2012

Recuperação e o Psicológico

Essa, quem sabe a fase mais dura do tratamento.

Não vou mentir e nem vou ser hipócrita, é uma fase muito dolorosa e que vai mexer muito com o seu psicológico.

Essa minha fase durou 1 ano. Com a gaiola foram 9 meses de convívio. Embora alguns falem na internet que acostuma é pura mentira, não vou ficar criando falsas expectativas, esse não sou eu. Os ferros doem do primeiro ao ultimo dia que ficam enfiados no seu corpo. Doeu em mim e em todas as pessoas que eu conheci no hospital que usaram a gaiola.

Quando eu cheguei em casa nem sentar eu sentava por conta da bacia e só depois de sete meses consegui andar sem muleta mesmo estando de gaiola. Porém quando tirei a gaiola a perna estava muito fraca, principalmente o tendão de aquiles e eu ainda estava com uma infecção de pele. Então foram mais 3 meses para ficar 100%.

Quanto ao psicológico, eu sei, é uma merda, todos vão falar para você pensar positivo e isso chega a dar raiva. Não é fácil pensar positivo com tamanha dor 24 horas por dia.

Eu pensei positivo a minha recuperação inteira mas sempre tive momentos de desespero onde eu me via sem as pernas, acho que isso é normal, a situação é delicada, mas eu te garanto que a força de um pensamento bom é infinitamente mais forte que um pensamento ruim, então tenha "quedas" mas se levante de todas elas e eu tenho certeza que quando você se levantar estará infinitamente mais forte e determinado que antes.

Não é fácil, mas ninguém disse que seria, não é mesmo ? Acredite em você mesmo, você vai sair dessa e vai sair muito melhor, tanto fisicamente tanto quanto como pessoa. Tente tirar coisas boas do seu acidente e da sua recuperação. No começo é difícil, mas acredite em mim:
Há coisas boas, talvez até mais coisas positivas do que negativas e mais uma vez quero ressaltar que eu não to sendo hipócrita. Vocês devem estar pensando, é fácil falar isso agora e com toda razão é sim muito fácil, mas a diferença de um familiar ou um amigo e eu falar isso é que já passei por essa situação e não estou falando só por falar eu estou fazendo uma afirmação.

Não criei esse blog para incentivar ninguém com mentiras, mas sim com realidade.

Se o seu acidente for de menor gravidade que o meu, parabéns, acho que você não precisou levar uma porrada tao grande da vida para aprender, e sabe também que vai superar isso num estalar de dedos.

Agora, se o seu acidente for de maior gravidade que o meu, não é porque você precisou de uma correção maior que a minha e sim porque você é mais forte do que eu e pode mais também. Acredito eu que pessoas fortes não vêem a terra com uma missão fácil, pense nisso!

Além do mais eu tenho certeza que com o acidente não será só você que irá aprender, as pessoas ao seu redor e que te amam também apreenderão MUITO se quiserem. Mas isso é importante, não precisa se fazer de coitado, porque você não é, mas tente fazer as pessoas enxergarem o tamanho da sua força e faça elas refletirem sobre suas próprias vidas.

Se deixar vou ficar aqui escrevendo muito, mas quero só encerrar com essa frase:

" A sua dor de hoje é a sua força de amanhã. "

Bjo grande.



  Raio X da bacia após a cirurgia




Raio X da perna após a primeira cirurgia. Esse pedaço de osso, acreditem, estava no chão. Reparem no osso menor da direita ( mais fino ) o tanto de osso que eu perdi, era para ele chegar até o tornozelo.

23 comentários:

  1. Ótimo sua iniciativa, assim devemos ser ao reagirmos com uma situação dessa, meu dia marcado foi no dia 13 de outubro de 2007, onde bati em uma carroça de cavalo carregando um carro desmontado, onde eu tive 14 ossos quebrados ao meu lado direito do corpo, sendo os dedos do pé, tornozelo, fratura esposta na canela onde peguei infecção hospitalar, joelho, bacia em dois lugares, as costelas o braço tambem fratura exposta e por fim a cravicula...e assim operado no braço somente uma vez, ficando bom, e a perna ja estou em minha oitava cirurgia, sendo 2 Ilizarov, hoje estou com o segundo há 3 meses e mtuio grato a Deus por me dar uma nova chance para viver, mas en fim ótimo trocar essas experienia de vida, add voce no face e espero aprender um pouco mais com voce!!!http://www.facebook.com/REDECCS

    ResponderExcluir
  2. Parabens pela iniciativa, valente amigo. "O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manha" (Salmos 30:5).

    ResponderExcluir
  3. Sofri uma queda, onde quebrei os ossos da perna e o calcanhar. Confesso que nunca poderia imaginar a mudança tamanha na minha vida, tudo está parado para mim, mas para meus filhos e principalmente meu marido que abaixo de Deus é quem está me dando forças, com seu amor dedicado a cada segundo e sofrendo comigo todas as dores, primeiramente do redutor e na segunda cirurgia da gaiola.
    Admiro a iniciativa de criar um cantinho para podermos compartilhar, testemunhar e dar forças à quem está passando pelas mesmas tristes experiências. Fiquei comovida com as palavras desse comentário, mas só elevam a gente ao Trono da Graça, onde sabemos que "todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados para o seu propósito". É maravilhoso poder contar com a força que Deus nos dá, Ele permite que entremos no deserto, contudo, continua cuidando de nós.
    Não sei quanto tempo terei que permanecer com a gaiola, mas seja quanto tempo for, sairei fortalecida, tanto no amor aos meus, ao próximo e principalmente a Deus,
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Realmente é dificil as incertezas são crueis, sofri uma queda no trabalho e quebrei o calcaneo estou a 26 dias esperado liberação do plano de saude para realizar a cirurgia estou extremamente preocupado pois o tempo é um aliado e inimigo se passar tempo demais não tera mais jeito e fazer a cirurgia e nesses momentos que vemos como somos frageis e dependentes de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Nessa vida tudo passa,i as vezes pensamos que somos melhor que outro. No dia 04/08/2012 as 18:25 hr da tarde estava voltando do Banco, depois de ter feito hora extra o dia inteiro,na rodovia Hermínio Peltrim que vai de Piracicaba a Charqueada próximo ao Parque Orlanda. Um carro fez um cruzamento direto sem parar no acostamento, atingindo minha moto na lateral esquerda. Pra honra e glória de DEUS, Fraturei apenas a perna esquerda. Usei um Fixador externo por 3 meses mas não adiantou,pois peguei uma forte infecção que tive que tirar 5 cm de osso e colocar um fixador mais resistente:(GAIOLA).Nesse meio termo fiz 6 cirurgia. Enfim,se passaram 1 ano e 11 meses. Irei tirar esse mês pois DEUS sabe de tudo e podi tudo. Eu posso afirmar que todos nós somos um MILAGRE DE DEUS!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu marido acabo de ter um acidente parecido com o seu pois ainda está internado sem previsão de alta o pe está infeccionado não desincha hj era pra ele ter feito a cirurgia pra coloca a gaiola mais nao deu por conta disso que está acontecendo e muito bom le o que se acontece com os outros também assim agente consegui ter mais experiência e sabe como se lida com a situação

      Excluir
    2. Meu marido teve um acidente bem parecido com o seu hj era pra ele ter colocado a gaiola mais nao conseguiu pois o pede dele estava com muita infccao ai não pode e muito bom sabe de outros casos assim temos mais experiência e como sabe lida com a situação

      Excluir
    3. Meu marido acabo de ter um acidente parecido com o seu pois ainda está internado sem previsão de alta o pe está infeccionado não desincha hj era pra ele ter feito a cirurgia pra coloca a gaiola mais nao deu por conta disso que está acontecendo e muito bom le o que se acontece com os outros também assim agente consegui ter mais experiência e sabe como se lida com a situação

      Excluir
    4. Oi sofri um acidente faz 1 ano e vou ter q fazer outra cirurgia pra colocar gaiola queria tira uma dúvida como vc vesti roupa

      Excluir
    5. Oi Alessandro, tudo bem ?
      Eu so vestia cueca e bermuda. Calca eu nao conseguia !

      Excluir
    6. Felipe e Fran, mandem noticias !
      Vamo q vamo...

      Excluir
  6. Fica difícil explicar o que sente quando não podemos nos locomover como antes, hoje faz um ano do meu acidente... Fui atropelada tive fratura exposta nas duas pernas tíbia e fibula das duas, primeiro coloquei aste intracelular mas desenvolvi osteomielite na perna direita, retirei a aste da mesma hoje uso gaiola a três meses, já na perna esquerda a aste permanesse aqui, faço tratamento para osteomelite com um antibiótico que se chama teicoplanina em doses diárias na veia por conta disso, tive que colocar um pot a cat, a consolidação da perna esquerda ainda não aconteceu então... No aguardo da recuperação da perna direita pra ver o que será feita com a esquerda, tempos difíceis dor mas quando paramos pra refletir vemos que não somos os únicos na luta, a vitória mesmo que seja algo longínquo pra nós temos que ter a certeza de que maior que as dificuldades e o Deus que zela por nós... Não sei por quanto tempo mais mas, um dia vencerei. Sem dúvida alguma é muito doloroso mas cada Dia a certeza de um dia mais próximo da vitória força e fé sempre...

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde eu sofri um acidente de moto tive fratura exposta na canela onde perdi parte do osso nesse lugar colocaram a gaiola onde já estou com a mesma a 5 meses e não sei quando vão retirar. Quebrei o fêmu tambem na altura da coxa perto da cabeça do osso onde fis a cirurgia onde colocaram um pino interno após 2 meses fiquei bom so femum assim podendo andar de muletas com a gaiola agora só esperar ficar totalmente bom se Deus quiser vai ser em breve e graças a Deus estar indo bem obrigado a todo .

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, Sofri um acidente onde fraturei o fêmur e fibula, tive fratura e exposta na tíbia, e perdi quaze 25 crescimento da pele da canela,o osso ficava exposto, para não ter risco de infecção o médico tirou 15 centímetros da minha tíbia. ..esperei 4 meses para cicatriza a ferida da canela e agora tou utilizando o elizarov(gaiola) para alongar o osso. Estou apenas 2 semanas com esse aparelho, ainda nem comecei aperta as porcas e isso e mto dolorido, nem consigo mecher meu calcanhar de tantos arames que tem por dentro da minha perna, não consigo dormir direito, troco o dia pela noite, parece que chega de noite ai que doe mais....se deus quiser vou me livrar logo disso.

    ResponderExcluir
  9. Meu pai sofreu um acidente de moto 31 de dezembro de 2017, fraturou a Tibia e a fíbula na altura do joelho, ontem 04 de janeiro fez a cirurgia onde colocou gaiola praticamente na perna toda. Ele sente muita dor, não consegue dormir, sangra bastante, e além disso ele se sente incapaz e preocupado por estar " incomodando" eu e minha mãe. Esta sendo muito difícil para nós, eu tento ajudar de todas as formas, ele é muito forte mas infelizmente sente muita dor, eu queria saber se com o tempo essa vai diminuir. É muito triste pois não sei mais o que faço para ajudá-lo, só peço a Deus que continue me dando forças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, tudo bem ? Essa é uma fase bem dificil. Vou ser bem sincero contigo, enquanto eu estive com a gaiola as dores foram muito fortes, insuportaveis.
      Desculpe me pela demora em responder, só vi agora.

      Excluir
  10. Oi Daniel! Depois de muitas cirurgias por causa de um acidente bobo em 2006, e por causa disso, fui fazendo artroplastia em um joelho e ora em outro. Eu acabei destruindo as cartilagens. O joelho direito soltava cinco, seis vezes por dia. Até que o meu médico que tratava de mim há anos sugeriu uma osteotomia para não colocar prótese de joelho. Mas ele fez tudo errado. Cortou o fêmur de forma errada, colocou uma placa errada e da forma errada. Um parafuso foi colocado de modo a rasgar o músculo interno da coxa. E eu tinha avisado que eu estava com um problema de saúde. Ele ignorou. Só que esse problema causava rejeição de placas e aparatos. Tive que fazer outra cirurgia para retirar o parafuso. Mudei de médico. Este foi muito sincero. Disse que era para torcermos para o organismo não expulsar a placa. Mas não adiantou. Tive uma baita infecção e tive que tirar a placa às pressas. Esperamos para ver se o osso colava. Deu pseudoartrose. E no final do ano, a pseudoartrose quebrou. Agora estou com um fixador externo. Não sei o nome disso. É da marca Orthofix. Tem 6 ferros enfiados na coxa e uma barra oblíqua com umas coisas azuis agarradas. Dizem que vai parar de doer. Mas não parou. E pelo que eu li aqui, não vai parar. Você tem razão. Não sou mais a mesma pessoa. Isso aqui ainda está no começo. Tenho poucos dias da colocação desse fixador. O médico falou em 3 ou 4 meses. Um amigo falou outra previsão menos animadora. Falou em 6 meses ou 1 ano. Tramal parece água. Não gosto de reclamar. Mas tá difícil. Muito. Semana passada a crise de dor foi tanta que eu falei com o médico: amputa essa M... pra q preciso dessa perna? Ele disse que eu não estava pensando direito. Mas é muito difícil. E mais ainda quando penso: quanto tempo? Quanto tempo? A minha tomografia deu que existe um afastamento máximo no fim do fémur -local do corte- de 0.7 cm. Ou seja, meu corpo vai ter q fazer osso pra encher isso.É desanimador demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Senhorita Frufru, primeiramente me desculpe pela demora em lhe responder.
      Sei exatamente o que vc esta passando, tive o mesmo pensamento e falei as mesmas coisas. Mas confia, vai haver um dia que vc vai olhar para tras e vai ver que valeu a pena toda a luta !
      Qualquer coisa e so entrar em contato. Conte comigo !

      Excluir
  11. Fraturei os dois fêmur,braço,costeleta,polegar esquerdo,bacia lesões abdominal,hemorragia interna várias paradas cardíacas,fiquei com fixador 4 meses nos dois fêmur tirou para trocar por lisarov (gaiolas) a dor era tão forte que eu precisava de tramal na véia para fazer curativos fiquei com lisarov 9 meses,nos primeiros 3° mês comecei andar com o andador,depois passei a andar sem andador,9 meses depois fiquei livre das gaiolas se senti muito feliz por poder dormir direito e ter livrado das grandes gaiolas,E sofrido mas é passageiro e valeu a pena pois não precisou de colocar aquelas placas .
    Um grande abraço a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que relato bacana ! Fico muito feliz. Isso serve de grande motivação para os que estao passando pelo o que nós passamos. A batalha e dura mas a vitória é certa !

      Excluir

Muito obrigado por comentar.

Visite mais vezes.

facebook.com.br/DutraGlider